Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo transtorno

TRANSTORNO OBSESSIVO COMPULSIVO

“Minha mão está suja. Preciso cortá-la. Não adianta lavar. A água está podre. Nem ensaboar. O sabão é ruim. A mão está suja, suja há muitos anos.....Ai, quantas noites no fundo da casa lavei essa mão, poli-a, escovei-a... ..”(DRUMMOND – A Mão Suja). Algum tipo de “mania” a maioria de nós tem. Algumas podem ser até engraçadas. Os costumes e hábitos cotidianos muitas vezes tornam-se rituais tão automatizados, repetidos inconscientemente, que nem ao menos nos damos conta. Entretanto, quando você sente-se impelido (diria praticamente forçado) em qualquer lugar que esteja, a ter comportamentos, muitas vezes extravagantes, repetidas vezes, acompanhados de pensamentos contra os quais não consegue lutar, que não saem de sua mente, podemos estar diante de uma doença chamada Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC). Pensamentos Obsessivos são idéias ou imagens desagradáveis que aparecem de maneira repetitiva e que a você não consegue se livrar. São idéias “entronas”, que geram sofrimento, medo

ESQUIZOFRENIA

“Mudos atalhos afora, na soturnidade de alta noite, eu e ela caminhávamos. Eu, no calabouço sinistro de uma dor absurda, como feras devorando entranhas, sentindo uma sensibilidade atroz morder-me, dilacerar-me. Ela, transfigurada por uma tremenda alienação, louca, rezando e soluçando baixinho rezas bárbaras. Eu e ela, ela e eu!- ambos alucinados, loucos, na sensação inédita de uma dor jamais experimentada.” ( Cruz e Souza - Balada de Loucos*) Quero falar um pouco sobre a Esquizofrenia, que é um distúrbio mental que acomete ao redor de 1% da população mundial, comprometendo a capacidade do indivíduo de se relacionar e produzir, tornando-o, muitas vezes, dependente de terceiros. Atinge em igual proporção homens e mulheres, manifestando-se, em geral, na adolescência ou início da idade adulta. O indivíduo pode viver em um “mundo particular”, fantasioso, sendo comum presença de delírios (crenças irreais não partilhadas por outras pessoas – exemplo: achar que está sendo perseguido, que é r