Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo papel amassado

O papel de Pedro

Pedro, quando criança, por causa de seu caráter impulsivo, tinha raiva à menor provocação ou palavra que fosse contrária aos seus desejos. Agia de forma explosiva, com gestos e ataques verbais, sem medir consequências de seus atos. Na maioria das vezes, depois de um desses incidentes se sentia envergonhado e esforçava-se por consolar a quem tinha magoado e pedia desculpas. Um dia, seu professor o viu pedindo desculpas depois de uma explosão de raiva e entregou-lhe uma folha de papel lisa e disse: - amasse-a! Sem compreender, Pedro obedeceu e fez com ela uma bolinha de papel amassada. -- Agora - voltou a dizer o professor - deixe-a lisa como estava antes. É óbvio que não havia possibilidade de deixá-la como antes. Por mais que tentasse, o papel ficou cheio de pregas. Então, disse-lhe o professor: -- O coração das pessoas é como esse papel... a impressão que neles deixamos será tão difícil de apagar como esses amassados. Assim, Pedro aprendeu a ser mais compreensi