Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo insanidade

Rompimento dos limites

O  "louco" é visto em nossa sociedade como "o diferente", aquele que está fora de contexto, à margem, não enquadrado nos comportamentos e pensamentos "ditados" pelos dogmas sociais. A loucura permite ao indivíduo o rompimento dos limites do convencional e, assim, enunciar e proferir sentenças que, descartadas como insanas numa primeira avaliação, guardam em sua ambigüidade as possibilidades do questionamento, da dúvida e da incerteza. “Enquanto você se esforça para ser...... um sujeito normal E fazer tudo igual  Eu do meu lado aprendendo a ser louco  Maluco total   Na loucura real   Controlando a minha maluquez.......Misturada com minha lucidez.” "E, ainda assim,  Dentro de seu mundo Assustado, escondido O louco se permite sonhar. Dentro de seu mundo  Delirante, alucinado Totalmente desregrado Permite-se ser"   Stuka Angyali

Insanidade

HISTÓRIA ANTIGA E INSANIDADE Nero Nero: um dos imperadores mais polêmicos do Império Romano Nero foi um imperador romano do ano de 54 a 68 da era cristã. Até hoje é uma das figuras históricas mais polêmicas de todos os tempos. Seu nome completo era Nero Cláudio Augusto Germânico. Nasceu na cidade de Anzio (na atual Itália) no dia 15 de dezembro de 37. Nero tornou-se imperador romano em 13 de outubro de 54, numa época de grande esplendor do Império Romano. Nos cinco primeiros anos de seu governo, Nero mostrou-se um bom administrador. Na política, usou a violência e as armas para combater e eliminar as revoltas que aconteciam em algumas províncias do império. No tocante às guerras de expansão, Nero demonstrou pouco interesse. De acordo com os historiadores da antiguidade, empreendeu apenas algumas incursões militares na região da atual Armênia. Suas decisões políticas, militares e econômicas eram fortemente influenciadas por algumas figuras próximas. Entre elas, podemos citar sua