Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo aprendizagens

Espalhe a idéia

Em uma aldeia onde havia muitos colecionadores que passavam a vida colecionando objetos descartados pelas outras pessoas. Os colecionadores descobriram que uma vez que se tenha uma grande e variada quantidade de artigos descartados, eles se tornam valiosos novamente. 

A difícil arte de amar e do desprendimento

Ela surgiu! Tão magra e doente. Vivia nas ruas, passando fome, frio e medo. Seu nome era “Marela”, chamada assim de forma cabocla, porque era loura como um bom alemão. Mas foi batizada BIA, tão logo chegara ao nosso convívio. No começo era assustada e nervosa. Comia desesperadamente ( pois já passara muita fome em tão pouco tempo de vida ). Mas Bia foi se acostumando com o tempo. Sabia que nesse lar teria seu alimento no momento certo, assim como água limpa e fresca. Sabia que não seria chutada ou mal tratada. Sabia que teria um cantinho quente e protegido do frio e da chuva. Bia engordou, ficou bonita e alegre. Arrumou um namorado e tiveram filhos. Passou a viver em família de iguais. Ela, seu namorado e seus três filhos. Uma família feliz! Que lindo ver como se amam e se respeitam. Que lindo ver os cuidados de Bia com seus filhos. Que lindo ver como todos são unidos. O tempo passou, os filhos cresceram. Bia e seu namorado envelheceram. Mas todos vivem juntos.

Tornou-se utópico

Ontem recebi um telefonema. Era um amigo. Não era simplesmente um amigo. Era um amigo de minha infância....muito tempo. Estudamos juntos lá na época do "primário", hoje denominado ensino fundamental. Foi magnífico relembrar as peripécias de nossa infância e os amigos da época. E fulano onde está? você sabe de sicrano? e beltrano, o que anda fazendo? Como o tempo passa!!! Interessante as perspectivas que se tem da vida, de acordo com a idade que temos. Naquela época, quando tínhamos 7 ou 8 anos de idade, não havia qualquer tipo de preocupação, a não ser ir à escola e, nos momentos livres, brincar. Como é bom ser criança e brincar!! Depois você cresce e vai para a faculdade. Outras preocupações, outra fase. Como vai ser depois que me formar, onde vou trabalhar? Vou ser um bom profissional? O tempo passa!! Anos passam...e a rotina diária nem sempre te permite parar para refletir. O que você fez no último anos? - perguntei ao amigo de infância.

A arte de Engatinhar

"O que diferencia os bem sucedidos dos medíocres é, em grande parte, a capacidade de olhar criticamente o mundo que o cerca, tomar decisões sabendo dos possíveis riscos e agir com perseverança e coragem para mudar o rumo quando necessário." Desde a concepção e crescimento no útero materno, a vida trava batalhas e desafios. Tornar-se um ser, crescer e sobreviver, até mesmo ao nascimento, é o nosso primeiro desafio de persistência. Engatinhar exige esforço, vontade, querer ir a algum lugar. Caminhar exige equilíbrio, duramente conseguido para dar o primeiro passo, onde a coragem para encarar esse desafio é preponderante. Correr, andar de bicicleta ou patins são apenas alguns exemplos de aprendizagens em nossa vida. No início não sabemos como fazer, mas a perseverança e vontade de aprender nos levam ao caminho desejado. Há que se considerar que o principal fator para transformações, perseverança, coragem ou qualquer tipo de sentimento está no próprio indivídu