Pular para o conteúdo principal

Os dias passam

Fiz uma viagem na pintura do horizonte....


No matiz maravilhoso do crepúsculo
divaguei, divaguei....
Que espanto!!
Os dias passam tão rapidamente
e nem nos damos conta
de todas as maravilhas que
poderíamos observar
a cada dia.


Sentimentos dentro da Alma
Amores, rancores...
Paixões, solidões....
Emoções manifestam-se
Nessa natureza humana,
tão pequena diante do todo,
Mas tão gigante em si mesma!


Aproveite um novo ciclo que se inicia
Repense sentimentos, palavras e atitudes
Viva intensamente! 
Observe as belezas que Deus lhe proporcionou.



Comentários

franciete disse…
Meu querido amigo do coração, a sua amizade é um marco na minha vida um marco de palavras maravilhosas que me fazem repensar como a vida é bela, bela por momentos tão sublimes e tão diminutos.
Uma das coisas maravilhosas que estes novos tempo nos trouxeram foi esta linda janela em que temos amizades que não precisamos conhece-las para lhes dizer o que cara a cara nunca seriamos capazes. Amizades que nos enchem o coração de alegrias e de sofrimentos quando sabemos que estão bem ou mal.
Amigo a estima que sinto por si e por outros tantos é de véras pura e sincera, mesmo sabendo que nunca chegarei a ver seus rostos e suas formas mas isso que importa, o importante é amar como Jesus amou seus discípulos e deu a vida por eles e por todos nós, amigo parece mentira mas há um ano que não comunicávamos então a minha presença em seu espaço é sem mais desejar-lhe que receba de bom em 2012. Tudo que não recebeu em 2011 e que sua vida e seu trabalho seja a maior prioridade em sua vida, deixo no seu espaço os meus beijinhos de luz, paz, e uma carreira brilhante em sua vida sem descurar a sua família...
Caro amigo

Não existe ano novo
se não houver sonhos novos.
Desejo que neste novo ano,
cada dia de vida da sua história,
seja vivido de modo calmo e pleno,
e que possas viver
o mais intenso caso de amor
com a sua vida,
e com os que fazem parte da sua vida.

Aluísio Cavalcante Jr.
Sandra disse…
Boa noite meu querido.
Que bom visitar teu espaço, leituras prazerosas e ricas de sentimentos e ensinamentos.Vc é uma daquelas pessoas que agradecemos continuamente a Deus a dádiva de nos permitir conhecer.Teus versos aqui descritos são belos, uma raridade a nossos olhos. Ler o que vc escreve nos transmite paz. Só tenho que te agradecer a oportunidade por fazer parte de minha vidinha. Que novos horizontes se ergam em nossas vidas, ou mesmo, que possamos ver o horizonte que antes estavam cobertos pela névoa da demência. Que neste novo ciclo possamos dizer, lutei, cai, me levantei, persisti, não desisti...Venci! Bjus meu querido.

Postagens mais visitadas deste blog

Velhos Tempos

Tudo muda.... Houve um tempo em que se pedia “a benção” aos pais quando se acordava pela manhã ou se deitava para dormir, assim como antes de sair de casa. Hoje os filhos nem sabem o que significa pedir “a benção”, Afinal mal falam bom dia ou boa noite. E para sair de casa nem precisam falar aonde vão. Um filho, nesse tempo, referia-se aos pais ou pessoas mais velhas como “Sr” e “Sra”. Hoje os filhos se referem aos pais ou pessoas mais velhas como “Você”, Afinal nem sabem o significado de um pronome de tratamento respeitoso. Houve um tempo que não se falava enquanto adultos estivessem falando. Hoje os filhos falam enquanto os pais se obrigam a ficar quietos, Afinal nem sabem o que é ouvir. Os filhos, certamente, compreendiam o olhar recriminador de seus pais. Hoje se um pai lança um olhar recriminador ao filho, Passará despercebido ou ouvirá: “que cara feia é essa, velho?” Houve um tempo em que um filho pedia, por favor, ou “eu posso?” Hoje um filho não pede, por favor, e

Vivemos esperando

Novamente estamos nos aproximando de mais um final de ano. É impressionante como o tempo está passando rápido. Diria mesmo que está "voando". Essa constatação nos faz refletir sobre aquele velho dito popular: "Não deixe para amanhã o que pode fazer hoje". Seja feliz, não espere que amanhã seja melhor. Torne hoje seu dia o melhor. Não perca tempo com situações estressantes. Não dê atenção àquilo que bloqueia sua felicidade. Não crie dificuldades para sua felicidade. Ser feliz é muito fácil, mais fácil ainda é impedir que aconteça. O tempo passa e você vai viver esperando o que? Dias melhores

Legado de miséria

D. Cacilda é uma senhorinha octogenária, muito frágil e humilde, mãe de nove filhos. Conseguiu, sob todas as dificuldades, torná-los homens e mulheres adultos. E com sua sabedoria ensinou-lhes as coisas certas da vida e o que é bom ou ruim. Seus filhos, todos casados, com suas ocupações e trabalhos, vivem correndo. D. Cacilda tem também muitos netos, talvez mais de 30, dentre os quais muitos já adultos e até casados. Mas, infelizmente, apesar dessa família tão numerosa de D.Cacilda, não escapa a senhorinha à solidão. D. Cacilda já se faz viúva há alguns anos e vive solitária em sua casinha, a relembrar de seus longos e passados anos ao lado de seu amado e companheiro marido. Sua modesta casa sempre foi o lar acolhedor para qualquer pessoa. E nunca houve quem ali não se sentisse confortado. Mas a vida tem seu ciclo. D.Cacilda, já tão frágil caiu doente, de cama, totalmente debilitada e dependente. Os anos pesaram em seus ombros já bastante arqueados. Mas que bom, ela tem tanto