Quais são suas pegadas

“Erva daninha

Cresce sem limites,

Sufoca a natureza,

Expande seus domínios.


Animal dominante,

Ganancioso e imoral.

Perde-se na irracionalidade,

Segue em frente, fatal.


Mácula da natureza

De pegadas enraizadas.

Ser humano indefinível

Entre praga ou indefectível

Achaque do planeta.”


Em 05 de junho de 1972, nada menos do que há 39 anos, a Organização das Nações Unidas promovia um encontro para debater as questões ambientais que já afligiam o planeta. Determinou-se, assim, que essa data seria reconhecida como “Dia Mundial do Meio ambiente”.

Cada vez mais, desde então, tem se falado sobre os desmatamentos; poluição das águas, do ar e do solo, extinção de espécies vegetais e animais e todo tipo de problemas relacionados à biodiversidade.

Mas, infelizmente, após 39 anos decorridos desde aquela conferência, nada melhorou. O que se observa é a destruição cada vez maior da natureza.

O ser humano deixa suas pegadas enraizadas na alma de Gaia.

E você? Faz a diferença? Quais são suas pegadas?


Comentários

Jackie Freitas disse…
Olá meu querido PD
Pois é, amigo...os passos são indicados através desses enormes rastros de devastações... A consciência ainda não despertou para a importância do aprumo desses passos; os mesmos que nos guiarão a um mundo mais equilibrado, preservado e habitável...
Grande beijo, meu amigo!
Jackie
franciete disse…
Meu querido amigo, vale sempre o tempinho em que passo aqui para te ler, porque na volta sempre levo a minha alma mais enriquecida e reconfortada.
Vale sempre a pena aqui vir, mesmo que seja de longe a longe, fique com a paz e o amor Divinos,beijos de luz e paz na alma.
BLOGZOOM disse…
Eu percebo nas crianças mais conscientização ecologica. Estão aprendendo nas escolas.
Contudo, as agressões à natureza continuam. Todo dia eu cruzo um canal para tomar o onibus do outro lado e fico chocada com tanta sujeira nas margens e boianda. Muitos sacos plasticos, garrafas plasticas, e tudo mais que nem se pode imaginar. As vezes fica complicado saber o que é uma garça e um saco plastico! Sério! Confude!

Não podemos deixar de alertar, é nosso dever cuidar!

Bjs