Ser irresoluto


"Ser apenas mais um

Entre tantos de si.

Ser apenas mais um

Entre tantos circundantes.



Eternamente irresoluto,

Ser o destoante ser!

Incongruentes desejos

De insânia inquietude.



Aturdido em consumismos,

Perde-se em devaneios:

Entre o essencial

E o querer



Ahh! Energúmeno ser

Embasbacado

Entre poder

E pudor."





"Sempre que tiveres dúvidas, ou quando o teu eu te pesar em excesso, experimenta o seguinte recurso: lembra-te do rosto do homem mais pobre e mais desamparado que alguma vez tenhas visto e pergunta-te se o passo que pretendes dar lhe vai ser de alguma utilidade. Poderá ganhar alguma coisa com isso? Fará com que recupere o controle da sua vida e do seu destino? Por outras palavras, conduzirá à autonomia espiritual e física dos milhões de pessoas que morrem de fome? Verás, então, como as tuas dúvidas e o teu eu se desvanecem."


Gandhi

Portinari - "criança morta"



Comentários

Teu blog é bom demais. Essa poesia e texto, fantásticos. Sábios, sinceros, honestos.

Não pode sumir assim, não amigo rsrs.

A coisa aqui tá preta. Posts de qualidade como tem no seu blog, contam-se nos dedos.

Abraços
Dani disse…
feliz pascoa querido!!!!!!!
Alma Aprendiz disse…
Oláaaaaa"
Seja bem vindo!
Quanto tempo heimmmmm???????////
Adorei esse texto e digo que todas essas afirmações só demonstram quanto ainda somos pequenos em nossos conceitos,quanto o EU fala mais alto.
Um grande beijo.
Jorge disse…
Poesia e mensagem que se completam mesmo. Busquemos sem autênticos, sermos a diferença para que o nosso Coração brilhe o que somos e tenhamos a consciência plena do que queremos. Buscar realizações com consciência é ir de encontro A Jesus, de coração livre.

meu querido amigo, que tenhas uma Páscoa de muita paz, amor e alegria! Com chocolate, naturalmente....

Abração
Dayse Sene disse…
Quando somos mais um, entre tantos de nós, é por que o tanto de nós, precisa de um tanto de uns, para assim, o nós ser apenas um e o um ser tantos nós.
Complicado, mas essencial.
Um e nós, se completam, nos fazendo ser ímpares em nossa essência individual, quando somos apenas um e par em convivência múltipla e fundamental, quando somos nós.
Gostei do seu blog, e te sigo com maior prazer.
Uma bela noite.
Abraços.
Jackie Freitas disse…
Olá querido Psiquismo!
Lindo poema, linda mensagem...
Você sabe que sou fã de suas postagens e espero poder estar sempre por aqui para alimentar meus sentimentos e emoções...
Parabéns, meu querido!
Grande beijo,
Jackie
franciete disse…
A amizade verdadeira pode aportar em muitos portos, mas um dia ela vem sempre ao local da partida, assim quando temos amigos do coração também eles por muito tempo passado sempre vem dar uma lufada de ar fresco na nossa vida.
Adoro ser sua amiga, e, sua amizade, seja sempre feliz com tudo o que o rodeia, beijinhos de luz em seu coração.