Pular para o conteúdo principal

E falando em desafios....



Para viver a vida que você quer, você deve ser quem você é.

Isso pode soar como um bonito jogo de palavras, mas pense a respeito.
Você pensa seus próprios pensamentos?

Você sonha seus próprios sonhos?

Você determina suas próprias metas?

Ou você os pega emprestados de outros?

Ter mais e mais do que você não quer realmente não lhe trará felicidade.
A vida que você deseja não está em seguir os sonhos de outros, a idéia de outros sobre o melhor lugar para viver, ou a idéia de outros sobre o melhor carro para dirigir.
A verdadeira felicidade e realização requerem que você tenha coragem de ser você mesmo. Existe uma razão para você querer as coisas que quer. São seus anseios, seus desejos que te movem.
Quando você perseguir o que você realmente deseja da vida, então você estará satisfazendo seu conjunto de oportunidades, dando sua própria e especial contribuição, criando valores como só você pode fazer.
Seja você de verdade. Você e o mundo inteiro serão mais ricos com isso.




"Viver em sociedade é um desafio porque às vezes ficamos presos a determinadas normas que nos obrigam a seguir regras limitadoras do nosso ser ou do nosso não-ser... Quero dizer com isso que nós temos, no mínimo, duas personalidades: a objetiva, que todos ao nosso redor conhece; e a subjetiva... Em alguns momentos, esta se mostra tão misteriosa que se perguntarmos - Quem somos? Não saberemos dizer ao certo!!! Agora de uma coisa eu tenho certeza: sempre devemos ser autênticos, as pessoas precisam nos aceitar pelo que somos e não pelo que parecemos ser... Aqui reside o eterno conflito da aparência x essência. E você... O que pensa disso? Que desafio, hein?..... Nunca sofra por não ser uma coisa ou por sê-la..." (Perto do Coração Selvagem - p.55)

Clarice Lispector

Comentários

franciete disse…
MEU QUERIDO AMIGO FAZ TEMPO QUE AQUI NÃO VINHA,MAS CONFESSO QUE JÁ SENTIA SAUDADE, SAUDADES DE LER SEUS ESCRITOS E PORQUE NÃO SAUDADES DOS SEUS RETORNOS.
MAS COM O SEU TRABALHO DE CERTO QUE POUCO TEMPO TEM TIDO PARA NOS VISITAR E ATÉ PARA VIR AQUI DEIXAR SUAS POSTAGENS.
MAS DE QUALQUER MODO QUERO QUE SAIBA QUE O MEU CARINHO POR SI É SEMPRE IGUAL NÃO MUDA NUNCA NEM COM O PASSAR DO TEMPO, FALANDO EM TEMPO É TEMPO DE NATAL E NESTE MOMENTO ESTOU-LHE ENVIANDO OS MEUS VOTOS DE UM SANTO E FELIZ NATAL E PRÓSPERO ANO NOVO, COM TODA A PAZ DO MUNDO, BEIJINHOS DE LUZ EM SEU CORAÇÃO MEU BOM AMIGO.
J Araújo disse…
Que nesse natal, possamos rever o nosso passado para melhorar o nosso futuro. Que Deus nos abençoe e brilhe com sua luz perante você, abrindo o caminho até Ele!
São os votos de J Araújo
Anônimo disse…
Olá amigo.
Obrigada pela visita, adorei seu espaço também.
Sua postagem é FABULOSA!!!
Concordo plenamente com todas as palavras escritas aqui....
Viver em sociedade é um enorme desafio....eu mesma tomo muito cuidado com o que falo para algumas pessoas...e quando isto acontece, infelizmente não estou sendo eu mesma....mas o que posso fazer quando encontro pessoas feitas de cristal, que ao ouvirem as primeiras verdades já se quebram???
Mas mesmo assim, não consigo me conter.
De forma sutil e discreta sempre arrumo formas de despertar as pessoas.
Desejo para você também um Natal abençoado e que em 2011 possamos desfrutar mais desta Amizade virtual que está começando só agora...mas em 2011 estaremos juntos.
Muita Luz e Paz em seu coração!
Anônimo disse…
Perfeita mensagem. Adorei poder ler isso.

Olha, deixei uma mensagenzinha para meus amigos AQUI com muito carinho, viu?

Beijo na alma!
Caro amigo

Penso que esta postagem
e a anterior,
mais que desafios e questionamentos,
são formas de nos levar
a um reencontro
com coisas e sentimentos
preciosos,
que as vezes ficm esquecidos
em nós.

Assim que puder,
final de ano para professor
é uma correria total,
responderei com prazer
o desafio proposto,
e desde já agradeço
a lembrança.

Que as luzes da esperança
brilhem sempre em ti.
Normas, imposiçõs, preconceitos...o ambient vai moldando aquela part qu nosso DNA não conseguiu programar.
O desafio é pois saber escolher, dessas influências, aquelas que realmente nos fazem crescer ou que nos seguram ou desviam.
Um grande abraço!

Postagens mais visitadas deste blog

Velhos Tempos

Tudo muda.... Houve um tempo em que se pedia “a benção” aos pais quando se acordava pela manhã ou se deitava para dormir, assim como antes de sair de casa. Hoje os filhos nem sabem o que significa pedir “a benção”, Afinal mal falam bom dia ou boa noite. E para sair de casa nem precisam falar aonde vão. Um filho, nesse tempo, referia-se aos pais ou pessoas mais velhas como “Sr” e “Sra”. Hoje os filhos se referem aos pais ou pessoas mais velhas como “Você”, Afinal nem sabem o significado de um pronome de tratamento respeitoso. Houve um tempo que não se falava enquanto adultos estivessem falando. Hoje os filhos falam enquanto os pais se obrigam a ficar quietos, Afinal nem sabem o que é ouvir. Os filhos, certamente, compreendiam o olhar recriminador de seus pais. Hoje se um pai lança um olhar recriminador ao filho, Passará despercebido ou ouvirá: “que cara feia é essa, velho?” Houve um tempo em que um filho pedia, por favor, ou “eu posso?” Hoje um filho não pede, por favor, e

Vivemos esperando

Novamente estamos nos aproximando de mais um final de ano. É impressionante como o tempo está passando rápido. Diria mesmo que está "voando". Essa constatação nos faz refletir sobre aquele velho dito popular: "Não deixe para amanhã o que pode fazer hoje". Seja feliz, não espere que amanhã seja melhor. Torne hoje seu dia o melhor. Não perca tempo com situações estressantes. Não dê atenção àquilo que bloqueia sua felicidade. Não crie dificuldades para sua felicidade. Ser feliz é muito fácil, mais fácil ainda é impedir que aconteça. O tempo passa e você vai viver esperando o que? Dias melhores

Horizonte comodista

João trabalhava em uma empresa há muitos anos. Funcionário sério, dedicado, cumpridor de suas obrigações e, por isso mesmo, já com seus 20 anos de casa. Um belo dia, ele procura o dono da empresa para fazer uma reclamação: -- Patrão, tenho trabalhado durante estes 20 anos em sua empresa com toda a dedicação, só que me sinto um tanto injustiçado. O Juca,que está conosco há somente três anos, está ganhando mais do que eu. O patrão escutou atentamente e disse: -- João, foi muito bom você vir aqui. Antes de tocarmos nesse assunto, tenho um problema para resolver e gostaria da sua ajuda. Estou querendo dar frutas como sobremesa ao nosso pessoal após o almoço. Aqui na esquina tem uma quitanda. Por favor, vá até lá e verifique se eles têm abacaxi. João, meio sem jeito, saiu da sala e foi cumprir a missão. Em cinco minutos estava de volta. -- E aí, João? -- Verifiquei como o senhor mandou. O moço tem abacaxi. -- E quanto custa? -- Isso eu não pergunt