Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2009

Feliz Natal e um excelente Ano Novo!!

Meus grandes e inúmeros amigos, Agradeço a todos vocês pela frequente leitura de meu blog. Obrigado aos amigos que sempre estão fazendo comentários. Obrigado aos amigos que não deixam comentários, mas acompanham os textos. Agradeço a Deus a oportunidade de fazer amizades tão enriquecedoras Desejo a todos um Natal de muita luz e paz. Que o Natal reforce cada vez mais os preceitos de Jesus dentro de cada coração. E que o Ano Novo que se inicia seja radiante, repleto de Amor, Fé, Saúde e Paz. Estou saindo em viagem, mas retorno no próximo ano. UM GRANDE, CALOROSO E FRATERNAL ABRAÇO A TODOS!! FIQUEM COM DEUS

Valores

Um velho sábio chinês estava caminhando por um campo de neve, quando viu uma mulher chorando. Dirigiu-se a ela e perguntou : -- Porque choras ? -- Porque me lembro do passado, da minha juventude, da beleza que via no espelho... Deus foi cruel comigo por me fazer lembrar. Ele sabia que, ao recordar a primavera da minha vida, eu sofreria e acabaria chorando. O sábio, então, em silêncio ficou contemplando o campo de neve, com o olhar fixo em determinado ponto... A mulher, intrigada com aquela atitude, parou de chorar e perguntou : -- O que estás vendo aí ? -- Eu vejo um campo florido, disse o sábio.  Deus foi generoso comigo por me fazer lembrar. Ele sabia que, no inverno, eu poderia sempre recordar a primavera e sorrir.

Fazer diferente.......

 O Nariz Era um dentista, respeitadíssimo. Com seus quarenta e poucos anos, uma filha quase na faculdade. Um homem sério, sóbrio, sem opiniões surpreendentes mas uma sólida reputação como profissional e cidadão. Um dia, apareceu em casa com um nariz postiço. Passado o susto, a mulher e a filha sorriram com fingida tolerância. Era um daqueles narizes de borracha com óculos de aros pretos, sombrancelhas e bigodes que fazem a pessoa ficar parecida com o Groucho Marx. Mas o nosso dentista não estava imitando o Groucho Marx. Sentou-se à mesa do almoço – sempre almoçava em casa – com a retidão costumeira, quieto e algo distraído. Mas com um nariz postiço. - O que é isso? – perguntou a mulher depois da salada, sorrindo menos. - Isso o quê? - Esse nariz. - Ah. Vi numa vitrina, entrei e comprei. - Logo você, papai... Depois do almoço, ele foi recostar-se no sofá da sala, como fazia todos os dias. A mulher impacientou-se. - Tire esse negócio. - Por quê? - Brincadeira tem hora. - Ma

Selo de Natal

Este é um Meme de Natal, onde o Papai Noel pergunta o que você deseja neste Natal. É simples é só seguir as regras: 1- Postar o Selo. 2- Dizer quem te enviou. 3- Os seus 3 desejos de Natal. 4- Indicar 12 blogs que você goste muito. O Selo já está postado. Recebi do amigo Jorge do blog:  http://nectantaurus.blogspot.com Meus 3 desejos são: 1- Que as pessoas não esqueçam o espírito de natal 2- Que o ser humano ame 3- .Paz no mundo Os 12 blogs indicados: http://paravivermelhoremaisfeliz.blogspot.com/   http://normavillares.blogspot.com/   http://julimarmurat.blogspot.com/    http://osmeuslamentos.blogspot.com/   http://wisheslife.blogspot.com/   http://carinhos-entremeios.blogspot.com/   http://gimbras.nofuturo.com/   http://arcadoconhecimento.blogspot.com/   http://experimental-leonor.blogspot.com/   http://crescerdatrabalho.blogspot.com/   http://falandocomquemquiserouvir.blogspot.com/   http://angel-acasos.blogspot.com/ Um grande abraço a todos

Mente livre

Faça de sua mente um reino, não uma jaula! Deixe que os seus pensamentos sejam livres como os pássaros voando, não os censure, nem se maldiga se eles não afinarem com a opinião da maioria. Se você se escraviza à opinião dos outros, inibindo seus pensamentos e ações, é porque não tem consideração consigo mesmo. Quanto maior for a crença em seus objetivos, mais depressa você os conquistará. MaxWell Maltz

Despeje a água para poder bebê-la

Um homem estava perdido no deserto, prestes a morrer de sede. Eis que ele chegou a uma cabana velha, desmoronando, sem janelas, sem teto. Andou por ali e encontrou uma pequena sombra onde se acomodou fugindo do calor do sol desértico. Olhando ao redor, viu uma velha bomba de água, bem enferrujada. Ele se arrastou até a bomba, agarrou a manivela e começou a bombear, a bombear, a bombear sem parar. Nada aconteceu. Desapontado, caiu prostrado, para trás. Notou que ao seu lado havia uma velha garrafa. Olhou-a, limpou-a removendo a sujeira e o pó, e leu um recado que dizia: "Meu Amigo, você precisa primeiro preparar a bomba derramando sobre ela toda água desta garrafa. Depois faça o favor de encher a garrafa outra vez antes de partir, para o próximo viajante." O homem arrancou a rolha da garrafa e, de fato, lá estava a água. A garrafa estava quase cheia de água! De repente, ele se viu num dilema. Se bebesse aquela água, poderia sobreviver. Mas se despejasse tod

O boi de cada um

Conta uma história da tradição budista que, um monge entrou em um vilarejo montado em um boi, e os habitantes da vila lhe perguntaram onde estava indo. Ele então respondeu que estava em busca de um boi. As pessoas se entreolharam, intrigadas, e então começaram a rir. O monge se foi. No dia seguinte, de novo montando um boi, o monge voltou ao vilarejo. E de novo as pessoas lhe perguntaram o que buscava. "Procuro um boi", foi novamente a resposta. Outra vez o monge se foi, em meio ao riso de todos. No terceiro dia o fato se repetiu: "o que busca?" e o monge, montado no boi, disse ser um boi o que buscava. Só que a piada já perdera a sua graça e as pessoas protestaram, dizendo: "olhe aqui, você é um monge, supostamente uma pessoa santa, sábia, e mesmo assim você vem aqui à procura de um boi quando, o tempo todo, é sobre um boi que você esta sentado." ao que replicou o monge: "também assim é a sua procura de Deus." e assim é conosco.

Momentos de palavras dispensadas.

Dois amigos cultivavam o mesmo campo de trigo, trabalhando arduamente a terra com amor e dedicação, numa luta estafante, às vezes inglória, à espera de um resultado compensador. Passam-se anos de pouco ou nenhum retorno. Até que um dia, chegou a grande colheita. Perfeita, abundante, magnífica, satisfazendo os dois agricultores que a repartiram igualmente, eufóricos. Cada um seguiu o seu rumo. À noite, já no leito, cansado da brava lida daqueles últimos dias, um deles pensou : "Eu sou casado, tenho filhos fortes e bons, uma companheira fiel e cúmplice. Eles me ajudarão no fim da minha vida. O meu amigo é sozinho, não se casou, nunca terá um braço forte a apoiá-lo. Com certeza, vai precisar muito mais do dinheiro da colheita do que eu". Levantou-se silencioso para não acordar ninguém, colocou metade dos sacos de trigo recolhidos na carroça e saiu. Ao mesmo tempo, em sua casa, o outro não conciliava o sono, questionando : "Para que preciso de ta

O oásis da fé

Assim que chegou a Marrakesh, o missionário resolveu que passearia todas as Manhãs pelo deserto que ficava nos limites da cidade. Na sua primeira Caminhada, notou um homem deitado nas areias, com a mão acariciando o solo, E o ouvido colado na terra. "É um louco", disse para si mesmo. Mas a cena se repetiu todos os dias e, passado um mês, intrigado por aquele comportamento estranho, ele resolveu dirigir-se ao estranho. Com muita dificuldade, já que ainda não falava árabe fluentemente, ajoelhou-se a o seu lado. --  O que você está fazendo? --  Faço companhia ao deserto e o consolo por sua solidão e suas lágrimas. --  Não sabia que o deserto era capaz de chorar. --  Ele chora todos os dias, porque tem o sonho de tornar-se útil ao homem e transformar-se num imenso jardim, onde se pudesse cultivar cereal, flores e carneiros. "Quando olho suas areias, imagino as milhões de pessoas no mundo que foram criadas iguais, embora nem sempre o mundo seja justo com todos

Enraiza-te e floresce

Na primavera, uma jovem senhora semeou o seu jardim. Duas sementes acabaram sendo enterradas uma ao lado da outra. A primeira semente disse para segunda : -- Pensa como será divertido, vamos crescer nossas raízes fundo no solo e quando elas estiverem fortes, nós vamos brotar da terra e nos tornar lindas flores para todo mundo ver e admirar ! A segunda semente ouviu mas estava preocupada. -- Isso parece legal, ela disse, mas a terra não está muito fria? Eu estou com medo de estender minhas raízes nela. E se alguma coisa der errado e eu não me tornar muito bonita ? Então a senhora pode não gostar de mim, eu estou com medo. A primeira semente, no entanto, não estava intimidada. Ela empurrou suas raízes para baixo na terra e começou a crescer. Quando suas raízes estavam fortes o suficiente, ela emergiu do solo como uma linda flor. A senhora inclinou-se cuidadosamente para ela e orgulhosamente mostrou a flor perfumada para todos os seus amigos. Mas enquanto

A deusa e o mar

Conta uma lenda que em uma ilha longínqua vivia uma solitária deusa de sal. Ela era apaixonada pelo mar. Passava dias, noites, horas na praia observando o balanço de suas ondas, sua beleza, seu mistério, sua magnitude. Um desejo enorme começou a apossar-se do seu coração: experimentar toda aquela beleza. Esse desejo foi aumentando até que um dia a deusa resolveu entrar no mar. Logo que ela colocou os pés no mar, eles sumiram, derreteram-se. Encantada com ele, ela seguiu em frente e suas pernas e coxas desapareceram. A deusa, entretanto, seguiu adiante, sentindo partes do seu corpo derretendo-se, até ficar apenas com o rosto do lado de fora. Uma estrela que observava tudo falou: -- Linda deusa, você vai desaparecer por completo. Daqui a pouco você não mais Existirá. A água do mar desfazia o rosto da deusa, mas ela respondeu fazendo um esforço: -- Continuarei existindo, porque agora eu sou o mar também. Para conhecer e experimentar é preciso permitir-se, ir em

Selo - Seu blog me faz viajar

 Obrigado pelo carinho de sempre meu amigo Jorge Recebi este selo do amigo Jorge - Blog http://nectantaurus.blogspot.com/ Este selo tem como tarefa, relacionar 03 livros que te marcaram, e indicar 05 amigos para que seja repassado com carinho. Como é sempre difícil nomear livros, dentre tantos lidos e relidos, o que vem à mente nesse momento:. Médico de Homens e de Almas - Taylor caldwell Nas Fronteiras da Loucura - Divaldo Franco Psiquiatria em face da reencarnação - Dr Inácio Ferreira Minhas indicações são para os seguintes amigos: 1- Norma Villares - Blog "Ecos da Alma" 2- Julimar Murat - Blog " Por uma Vida Melhor " 3- Leonor - Blog " Experimental " 4- Jeanne - Blog " Crescer dá Trabalho " 5- Jacke- Blog " Atitudes Positivas " Um grande abraço a todos!

Horizonte comodista

João trabalhava em uma empresa há muitos anos. Funcionário sério, dedicado, cumpridor de suas obrigações e, por isso mesmo, já com seus 20 anos de casa. Um belo dia, ele procura o dono da empresa para fazer uma reclamação: -- Patrão, tenho trabalhado durante estes 20 anos em sua empresa com toda a dedicação, só que me sinto um tanto injustiçado. O Juca,que está conosco há somente três anos, está ganhando mais do que eu. O patrão escutou atentamente e disse: -- João, foi muito bom você vir aqui. Antes de tocarmos nesse assunto, tenho um problema para resolver e gostaria da sua ajuda. Estou querendo dar frutas como sobremesa ao nosso pessoal após o almoço. Aqui na esquina tem uma quitanda. Por favor, vá até lá e verifique se eles têm abacaxi. João, meio sem jeito, saiu da sala e foi cumprir a missão. Em cinco minutos estava de volta. -- E aí, João? -- Verifiquei como o senhor mandou. O moço tem abacaxi. -- E quanto custa? -- Isso eu não pergunt

Vida que se viva

As emoções canalizadas em relação ao passado ou ao futuro dissipam energia aleatoriamente, impedindo seu livre fluxo no presente. Antecipar ocorrências representa precipitação de fatos que, talvez, não sucederão, conforme agora tomam curso, gerando ansiedade e angústia. Viver, apenas, de recordações passadas ou ansiando pelo futuro é perder a contribuição do presente, praticamente nada reservando para hoje. O momento atual é a vida , que resulta das atividades aprendidas e vivenciadas, tornando possível e elaborando as surpresas do porvir. Encoraja-te a viver hoje, sentindo cada instante e valorizando-o mediante a consciência das bênçãos que se encontram à tua disposição.

Paisagens representativas

Em todo o momento de atividade mental acontece em nós um duplo fenômeno de percepção: ao mesmo tempo em que temos consciência de um estado de alma, temos diante de nós, impressionando-nos os sentidos que estão voltados ao exterior, uma paisagem qualquer. Entendendo-se por paisagem, para conveniência de frases, tudo o que forma o mundo exterior num determinado momento da nossa percepção, ou seja, tudo que está fora de si próprio.  Todo estado de alma é uma passagem. Isto é, todo o estado de alma é não só representável por uma paisagem, mas verdadeiramente uma paisagem.  Há em nós um espaço interior onde a matéria da nossa vida física se agita.

Um carinho

Selo recebido da querida amiga Jacke 1 - Seguir as regras. 2 - Levar o selo acima para identificar quem está, esteve ou estará na brincadeira. 3 - Completar as seguintes frases: a) Eu já... sei que a vida é maravilhosa b) Eu nunca... desisti de meus sonhos c) Eu sei...que a vida é feita de aprendizagens d) Eu quero... evoluir espiritualmente. e) Eu sonho... ver a humanidade sem guerras 4 - Depois, indique 5 blogueiros para dar sequência à brincadeira. Repasso para: 1-http://nectantaurus.blogspot.com/ Jorge 2-http://debyfrancis.blogspot.com/ Deby 3-http://gastandootempo.blogspot.com/ Beatriz 4-http://divinaimagem.blogspot.com/ 5-http://angel-acasos.blogspot.com/

A troca afetuosa entre amigos

Recebi esta afetuoso selo com carinho de meu amigo Jorge Obrigado meu amigo de luz!!   Seguindo as regras, funciona assim: - Escolhemos dez amigos para declarar a nossa amizade e os nomeamos num post. - Em seguida visitamos seus blogs e comunicamos a nomeação. - Cada um deverá nomear mais dez, e assim sucessivamente. - Não há prêmios, apenas nossa declaração sincera de afeto.  Meus amigos A amizade é sempre de coração para coração.  A amizade, acima de tudo, significa respeito e flexibilidade. Sinto-me honrado em compartilhar aprendizagens com vocês e com novos amigos que surgem. Obrigado por essa troca maravilhosa, onde aprendo a compreender que a vida, por ser uma dádiva de Deus, é para ser vivenciada na sua plenitude de Amor. Muito obrigado, meus amigos, por vocês estarem perto sempre! Viva os Sentimentos e as Emoções Stuka Dedico aos meus amigos: 1-http://osmeuslamentos.blogspot.com/ Graciete 2-http://experimental-leonor.blogspot.com/ Leonor 3-http://par

Permitindo-se alegria

Um momento de alegria verdadeira e desimpedida vale mais que ouro. Você pensará mais claramente, se sentirá melhor, mais motivado e mais saudável quando se deixar levar regularmente pela alegria. Não para aprender. Não para enriquecer seu currículo. Não para mostrar a ninguém. Não para fazer contatos ou impressionar seus amigos. Por você e nada mais. Apenas pela experiência de estar vivo e permitir-se desfrutar da própria experiência. Isso é egoísmo? Não. Quando você tem mais alegria em sua vida, você tem mais a dar aos outros. Alegrando-se, você deixa seu verdadeiro eu vir à tona. E essa pessoa está cheia de amor, abundância e criatividade que irão acrescentar coisas importantes à sua vida e à vida das pessoas ao seu redor. Permita-se ser alegre, sem culpa e sem expectativas.  Você sentirá o poder da alegria em todos os planos da sua vida.

Na direção de seus sonhos

O conforto é simplesmente uma situação a que estamos acostumados. O corredor de maratona sente-se mais à vontade correndo do que ficando sentado, mesmo que correr demande mais esforço físico. O vendedor bem-sucedido sente-se mais confortável fazendo telefonemas que dando desculpas. O preguiçoso acha mais confortável estar desconfortavelmente acima do peso do que levantar e dar uma caminhada em volta do quarteirão. Boa parte do que consideramos confortável nem mesmo é prazeroso. Na verdade, muitas vezes chega a ser desagradável. Ainda assim, temos a tendência de fazer aquilo a que estamos acostumados. O conforto está nos olhos de quem vê. Comprometimento, foco e esforço bem dirigido podem ser tão confortáveis quanto a preguiça e a indulgência. É seu desejo ter certas regalias? O que está lhe detendo? Então, reexamine e redefina o que você considera confortável. Sinta-se confortável com as coisas que o levarão na direção dos seus sonhos.

Acreditar e Caminhar

Diz o mestre a seu discípulo: - Quando você começar seu caminho, vai encontrar uma porta com uma frase escrita. Volte e me conte qual é esta frase. O discípulo se entrega de corpo e alma à sua busca. Chega um dia em que vê a porta, e volta até o mestre. - Estava escrito ISSO NÃO É POSSÍVEL, diz. - Onde estava escrito isso? Num muro ou numa porta? - pergunta o mestre. - Numa porta - responde o discípulo. - Pois pegue a maçaneta e abra a porta. O discípulo obedece e retorna à porta. Como a frase está pintada na porta, agora totalmente aberta, o discípulo já não consegue mais enxergá-la e segue adiante. É hora de acreditar em nossos sonhos e começar nossa caminhada, pois quando atingirmos nossos objetivos nada mais será impossível!

Experimentando a Vida

Não importa qual é a sua especialidade, qual sua ocupação.... Exerça-a! Você têm dons.  Use-os! As coisas que você sabe fazer bem são as coisas que lhe dão prazer. São coisas que desafiam sua criatividade. São essas as coisas que lhe motivam a aprender, experimentar, tentar, perseverar e crescer. Elas lhe dão satisfação e um real sentimento de conquista. Encontre uma maneira de fazer bem feito o que você faz. Isso não significa necessariamente que você deva arrumar outro emprego, ou começar seu próprio negócio. Incorpore seus dons especiais em tudo o que você já vem fazendo, onde quer que você esteja, qualquer que seja o contexto. Você é único e tem a experiência da Vida pela frente. Tem talentos especiais, habilidades e uma perspectiva singular. Outras pessoas podem se beneficiar do que você tem. Busque maneiras de contribuir com o outro e você deixará fluir o poder e a satisfação que já são parte de você.

A beleza

"Não são os belos lábios que chamam atenção para a beleza de um ser humano, mas, sim, as palavras que lhe fazem sibilar."

Borboletas que voaram...

No século XI, exatamente entre 1024 e 1033 D.C., em Cluny, França,  instituiu-se a comemoração dos mortos em 2 de Novembro, estabelecendo a ligação deste dia ao chamado dia de todos os os santos. O dia de todos os santos foi criado pela Igreja Católica Romana em 835 D.C. e comemorado no dia 1 de novembro em honra dos mortos, mas foi o abade beneditiano Odílio (962-1049 D.C.), de Cluny, que modificou e substituiu o tal dia de finados, que seria um dia reservado às orações pelas almas no purgatório. O dia de finados começou a ser aceito por Roma em 998 D.C., juntamente com a celebração do dia de todas as almas, e foi oficializado no início do século XI, sendo cristalizado já no século XX. A festa dos espíritos era celebrada pelos celtas em 1 de Novembro. Nessa data os celtas ofereciam sacrifícios para libertar os espíritos que eram aprisionados por Samhain , o príncipe das trevas. O império romano também absorveu o dia de pomona , dos gauleses, transformando as duas festas numa só. Po

Odisséia do primitivismo

Vive-se em uma sociedade hipócrita, rotulante, que aponta o dedo e esconde preso em suas costas outros tantos males ou erros, que se repetem ao longo de sua história. Essa situação vexatória da universitária, que esteve nas últimas notícias da mídia, abre um leque muito vasto de debates socio-filosóficos. O que é a sociedade hoje? Que labirintos somos nós?  Onde permeiam as noções de caráter, moral e ética? Que violência é mais reprovável? Dos jovens, da mídia, do Estado? Esse fato da universitária fez-me relembrar imediatamente Kubrick e seus excelentes "Laranja Mecânica" e "2001, uma Odisséia no espaço". Não há como não pensar nestes filmes. Será que o primitivismo demonstrado na cena dos macacos (2001, Odisséia) mudou ou está apenas travestido em uma pseudo-liberalidade-moderna?  A sociedade caminha, apressadamente, para a extinção de valores e da própria humanidade. O ser humano é, creio, a única espécie animal na Terra, que age com Crueldade. T

Caminhos e Atitudes da Vida

  "Tudo quanto de desagradável nos sucede na vida - figuras ridículas que fazemos, maus gestos que temos, lapsos em que caímos de qualquer das vir­tudes - deve ser considerado como meros acidentes externos, impotentes para atingir a substância da alma.  Tenhamo-los como dores de dentes, ou calos da vida, coisas que nos incomodam mas são externas ainda que nossas, ou que só tem que supor a nossa existência orgânica ou que preocupar-se o que há de vital em nós. Quando atingimos esta atitude, que é, em outro modo, a dos místicos, estamos defendidos não só do mundo mas de nós mesmos, pois vencemos o que em nós é externo, é outrem, é o contrário de nós e por isso o nosso inimigo. Disse Horácio, falando do varão justo, que ficaria impávido ainda que em torno dele ruísse o mundo.  A imagem é absurda, justo o seu sentido. Ainda que em torno de nós rua o que fingimos que somos, porque coexistimos, devemos ficar impávidos - não porque sejamos justos, mas porque somos nós, e sermos nós

A beleza dos cavalos

Essa é a história sobre Homens e cavalos. Essa é a história de todos nós. Cavalos galopavam, rapidamente, e parecia que os homem que os cavalgam se dirigiam a algum lugar importante.  Outro homem, em pé ao lado da estrada, grita: "Aonde vocês estão indo?"  E um dos homens a galope responde: "Não sabemos. Pergunte aos cavalos!"  Estamos todos sobre cavalos e não sabemos aonde nos conduzem. Não conseguimos pará-los.  Os cavalos são a vida que nos guia, e somos impotentes diante dela. Estamos sempre correndo, e isso já se tornou um hábito. Estamos acostumados a lutar o tempo todo, até mesmo durante o sono. Estamos em guerra com nós mesmos, e é fácil declarar guerra aos outros também. Precisamos aprender acalmar nossos pensamentos, a força de nossos hábitos, nossa desatenção, bem como as emoções intensas que nos regem.  Quando uma emoção nos assola, ela se assemelha a uma tempestade, que, muitas vezes, chega de mansinho, mas provoca estragos, levando consigo a

Os Selos que recebi

Este Belíssimo Selo de  Amizade recebi da amiga Graciete - http://osmeuslamentos.blogspot.com/ poetisa de além-oceano, pessoa sensível, amável e graciosa Um grande beijo para ti!! Recebi este gracioso selo de meu amigo Jorge http://nectantaurus.blogspot.com/ Obrigado meu amigo por sua lembrança Seguindo o esquema, vamos as regras: Escrever 10 coisas que não me saem da cabeça, e indicar para 10 blogs que também não me saem da cabeça. 1-Deus 2-Família 3-Evangelho no Lar 4-Amar o próximo 5- Fortalecer a espiritualidade   6- Desenvolver da melhor forma possível minha profissão 7-Amigos 8-Auto-conhecimento 9-Passeios 10-Viver a vida, aproveitando sua beleza Agora vamos às indicações: 1- Graciete - http://osmeuslamentos.blogspot.com/ 2- Jacke - http://paravivermelhoremaisfeliz.blogspot.com/ 3- Gimbras - http://gimbras.nofuturo.com/ 4- Dri Viaro - http://adrianaviaro.blogspot.com/ 5- Carlos bayma- http://osho-br.blogspot.com/ 6- Cibele Camargo - http:

A sua lâmpada

Aladim caminhava por uma viela estreita e escura quando um cálido brilho no chão chamou sua atenção. Aproximando-se, viu que era uma lâmpada. Olhava, curiosamente, por vários ângulos quando viu sob a poeira que a cobria algo que parecia ser algum escrito. Passou a mão no local e subitamente uma grande luz branca começou a surgir do bico da lâmpada. Aladim assustou-se e deixou cair a lâmpada, enquanto uma grande forma humana ia se formando no espaço antes vazio. Ao invés de terminar em pés, suas pernas se afunilavam na direção do bico da lâmpada. A forma algo fantasmagórica flutuava envolta por uma aura oscilante. Antes que Aladim pudesse sequer avaliar a situação, a forma disse com voz grave e firme : -- Sou o Gênio da Lâmpada, e você tem direito a um desejo. Recobrando-se, Aladim compreendeu logo a situação e, sem questionar porque era um só desejo, já ia dizendo algo quando o Gênio continuou : -- Mas há três condições . Três condições ? Como pode haver condições para at

O Rio dos Sentimentos

"Nossos sentimentos desempenham um papel muito importante por dirigirem todos os nossos pensamentos e ações. Existe em nós um rio de sentimentos, no qual cada gota d'água é um sentimento diferente e cada um depende de todos os outros para sua existência. Para observar esse rio, sentamo-nos à sua margem e identificamos cada sentimento à medida que ele vem à tona, passa por nós e desaparece. Há três tipos de sentimentos — agradáveis, desagradáveis e neutros. Quando temos um sentimento desagradável, podemos querer afastá-lo. O mais eficaz é voltar à nossa respiração consciente e apenas observá-lo, identificando-o em silêncio para nós mesmos. "Inspirando, sei que há um sentimento desagradável em mim. Expirando, sei que há um sentimento desagradável em mim." Chamar o sentimento pelo seu nome, "raiva", "tristeza", "alegria" ou "felicidade", nos ajuda a identificá-lo com clareza e reconhecê-lo em maior profundidade. Podemos

Obscuro da Alma

"Obscuro No escuro íntimo Seu maior inimigo Você   Aquele que sabe tudo Aquele que te denuncia Aquele que te acusa Aquele que te satisfaz os desejos   Você Alma encarcerada nesta carcaça Alma aprendiz Aprendes?   Luta em confusões De sentimentos De emoções E vive a tormenta   Quem sabe Um dia te reconhecerás E soltarás as amarras Dessa veste chamada corpo "

Só se você permitir....

Era uma vez um grande samurai que vivia perto de Tóquio..... Mesmo idoso, se dedicava a ensinar a arte zen aos jovens. Apesar de sua idade, corria a lenda de que ainda era capaz de derrotar qualquer adversário. Certa tarde, um guerreiro, conhecido por sua total falta de escrúpulo, apareceu por ali. Queria derrotar o samurai e aumentar sua fama. O velho aceitou o desafio e o jovem começou a insultá-lo. Chutou algumas pedras em sua direção, cuspiu em seu rosto, gritou insultos, ofendeu seus ancestrais. Durante horas, fez tudo para provocá-lo, mas o velho permaneceu impassível. No final do dia, sentindo-se já exausto e humilhado, o guerreiro retirou-se. E os alunos, surpresos, perguntaram ao mestre como ele pudera suportar tanta indignidade. -- Se alguém chega até você com um presente e você não o aceita, a quem pertence o presente ? -- A quem tentou entregá-lo, respondeu um dos discípulos. -- O mesmo vale para a inveja, a raiva e os insultos. Quan

Ao ócio merecido

Meus amigos queridos Partirei, em instantes, ao ócio merecido. Descansarei uns dias, ouvindo o espocar das ondas. Mas, retorno em cinco dias. Enquanto isso... Vivam Sentimentos e Emoções...

Meu avô já dizia....

Lembro-me, lá na minha infância, de meu avô paterno: "boca fechada não entra mosquito e não fala bobagem". Quem fala muito não ouve. As pessoas encontram uma dificuldade muito grande no silêncio. Parecem fugir de seus barulhos interiores. Basta observar duas pessoas em uma sala de espera. O silêncio torna-se algo constrangedor. Soa até como arrogância alheia, como algo ofensivo. Que se faz então? A opção mais óbvia: falar bobagens e futilidades. Começa, então, a disputa pelo ouvido alheio, afinal todo mundo quer ser ouvido. Mas, o aprendizado do ouvir não se encontra na escola. Assim como, também, o que se pronuncia.  Ouvir é muito bom. Oferece-nos oportunidades e aprendizagens incríveis.  A vida tem que ser baseada em nossos 5 sentidos fundamentais, através dos quais conseguiremos aprender, filtrando o que nos faz evoluir como indivíduos.  "Eu não procuro saber as respostas, procuro compreender as perguntas." Confúcio